Um pedaço do tempo. Um imprevisto. Num instante. Um contratempo. Mudar o rumo das nossas vidas. Num segundo. Apenas

15
Jun 09

Hoje faço 34 anos. Os tão sem graça 34. Nem são os 33 anos de Cristo, nem estão nos enta, e também já não são aquela idade em que ainda não se sente a idade. Já não são as rugas de faz-de conta, nem os dois fios de cabelo branco. Não. Nada disso. Já temos mesmo que pintar o cabelo todos os meses, não adormecer sem os cremes milagrosos, ver que algumas coisas deixam de estar no sítio rapidamente se não vamos ao ginásio. E vamos contando, por ordem descrescente para ser mais penoso, os anos que nos restam de fertilidade. Enfim, não têm muita graça. Muito menos numa segunda-feira em que se tem que trabalhar, fugindo à minha regra, estabelecida há quase 10 anos, de nunca, por dinheiro nenhum no mundo, trabalhar nesse dia. Mesmo assim, vamos comemorar. Não especialmente pelos 34 anos, mas sim pelo facto de estar bem de saúde, ter uma família fantástica, uns amigos especiais, e ainda parecer ter um bocadinho menos de 34!
publicado por Pipas às 00:40

11
Jun 09

Recusei uma ida à Roma. E um passeio de barco. Esta da foto sou eu, submersa nos livros durante os feriados. Espero que valha a pena!
publicado por Pipas às 22:34

10
Jun 09
Um homem que fale francês

 

(em pleno dia de Portugal, apetecia-me ouvir francês...)

 

publicado por Pipas às 20:54

09
Jun 09
É incrível como nós conseguimos estar 5 horas de pé, a fazer uma apresentação, num saltos de 10 cms e fingir que nada se passa lá embaixo... com os nossos pezinhos!
publicado por Pipas às 21:31

04
Jun 09
Não gosto de aviões. Nunca gostei. Talvez porque não os consiga controlar (também prefiro conduzir a ser conduzida). Talvez porque, há muitos anos atrás, um desses fulanos que lê a sina, disse que eu teria um acidente de avião.
Viajo imenso. Por um lado, adoro as férias nos trópicos. Por outro porque o trabalho assim o exige.
Este acidente toca-me muito. Por aquela zona do Atlântico passo muitas vezes. Só este ano serão duas.
A ruptura brusca de histórias de vida: casais que iam de lua-de-mel, um filho que foi ao enterro do pai, os pais que viajam com os filhos... Não consigo imaginar a dor. Custa acreditar.
publicado por Pipas às 22:41

Junho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
12
13

14
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


subscrever feeds
arquivos
mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO